segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Conscientização no Trânsito

Com toda a violência, desespero e mortes que ouvimos falar por aí causadas no trânsito, não é nem preciso olhar os jornais, portais ou ouvir o rádio para saber que o trânsito brasileiro já passou de um estado caótico para algo preocupante. Com tudo isso que acontece, famílias são destruídas, amigos são perdidos e também sonhos são acabados com o corpo daquela pessoa que morreu em um acidente de trânsito, sendo que se houvesse mais conscientização, educação e calma, tudo isso poderia ser evitado.
Os principais causadores dos acidentes nos trânsito podem ser definidos por meio de três itens: a imprudência, a negligência e a imperícia.

A primeira delas não é nada mais nada menos do que o desrespeito pelas leis de trânsito, com atos que parecem simples e que são de cunho gravíssimo, como furar  o sinal vermelho, não fazer ultrapassagens corretas, desrespeitar a faixa de pedestre e tantas outras coisas que vemos no nosso dia a dia.
A negligência, nós podemos classificar como algo que poderia ter sido evitado, como um defeito no carro, na roda, no motor ou algo que já foi verificado, porém foi deixado de lado pois não parecia ser tão importante naquele momento.
A imperícia, finalmente, é classificada como quando o motorista é inexperiente ou não obtém a carteira de motorista e se acha capaz de sair por aí com um carro sem ter o devido licenciamento para lidar com o trânsito diário.
É preciso para o ser humano conhecer o limite e respeitar o outro ao seu redor, pois se todos agissem assim, seria possível evitar muitos acidentes e mortes que acontecem diariamente no nosso trânsito.
Por isso, sempre dirija com atenção e responsabilidade, pois não é somente a sua vida que está em jogo, mas sim, a de muitas pessoas que andam nas ruas diariamente.


0 comentários:

Postar um comentário