sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Conselho de 7 Casais de Lésbicas que Estão Juntas Há Mais de 30 Anos

Conversamos com 7 casais de lésbicas que estiveram juntos há 30 anos ou mais na esperança de obter algum conselho sobre fazer uma relação durar a vida toda. Alguns desses casais enfrentaram coisas incríveis juntas; Alguns passaram por tragédias, separação e doenças.
Embora tenha-se grandes avanços n a comunidade LGBTQ, esses casais sofreram décadas de intensa vergonha do mundo. Alguns escondendo quem eram e quem amava. Se alguém sabe sobre como durar um relacionamento, são essas mulheres, que participaram na luta não só pela igualdade, mas também pelos seus relacionamentos.

Não leve o seu relacionamento como certo. Os relacionamentos de longo prazo devem fazer você se sentir seguro, mas deve haver um grau de incerteza que o faça continuar a melhorar. Se você não acha que estarão juntos para sempre, a incerteza te mantém com os pés no chão".
"Esteja pronto e capaz de mudar.  Esteja pronto para falar e aceitar (geralmente) as mudanças do seu parceiro. Você não deveria esperar ser o mesmo casal que você tinha há 30 anos - você passa por muitas coisas juntas".
"Supere seus problemas. Nunca deixe um problema vencer. Esteja preparado para superar as mesmas questões muitas e muitas vezes. As pessoas não aprendem ou mudam rapidamente - leva muito tempo para aprender a ter um bom relacionamento".
"Esteja preparado para amar e odiar seu parceiro, porque às vezes você odiará por alguma coisa. Obviamente, deve haver mais amor do que o ódio".
"Não se levante muito a sério. Seja humilde e preparado para rir do quão ridículo você às vezes será. Aceite que todos são imperfeitos".
"Não faça o movimento lésbico clássico de se mudar rapidamente.  Dê tempo suficiente para ver como as coisas estão indo. Se for um relacionamento de longo prazo, você terá muito tempo".
"É preciso ter um desejo sexual contínuo um para o outro , mas pode haver momentos em que você não age com tanta frequência quanto quando você se juntou. Sua paixão irá diminuir e diminuir, mas você precisa ter momentos de prazer em estar um com o outro".
"Aprecie seus interesses compartilhados , mas permita diferenças de interesses e, em alguns casos, opiniões irreconciliáveis ​​sobre determinados assuntos. É bom, no entanto, se suas opiniões políticas estiverem alinhadas. "
"Realmente escute-se e saiba o que o outro quer para que você possa saber agir nas situações".

"Pratique os atos continuados de bondade e generosidade uns com os outros".

0 comentários:

Postar um comentário